O álbum

Data de lançamento: 23 de maio de 2011. Posição máxima na Billboard 200: #1. Produtores: Clinton Sparks, Cheche Alara, DJ Snake, DJ White Shadow, Fernando Garibay, Jeppe Laursen, Lady Gaga, RedOne e Robert John Lange.

Born This Way é o terceiro álbum de estúdio de Lady Gaga, lançado em 23 de maio de 2011. O álbum foi escrito em 2010, durante a The Monster Ball Tour. O seu primeiro single, a faixa título “Born This Way”, foi lançada em 11 de fevereiro de 2011.

De acordo com a própria Gaga, o álbum é “muito mais compatível vocalmente com o que eu sou capaz de fazer. É mais eletrônico, mas eu usei vocais bem teatrais nele. É como se fosse uma peça musical enorme”.

Em 1º de junho de 2011, Born This Way havia se tornado o álbum mais rápido a ser vendido mundialmente naquele ano. Ele teve 288.000,00 cópias vendidas no seu primeiro dia e 1.108.000,00 em sua primeira semana nos Estados Unidos. O álbum também estreou no topo dos charts na Austrália, Áustria, Brasil, Dinamarca, França, Alemanha, Índia, Irlanda, Japão, Nova Zelândia, Noruega, Coreia do Sul, Suécia, Suíça e Taiwan.

Ainda durante a primeira parte da The Monster Ball Tour no outono de 2009, RedOne disse ao MTV News que eles estariam “fazendo música de novo”, a respeito do próximo álbum de Gaga. Ele ainda disse que durante a The Monster Ball Tour, Gaga tinha marcado para voltar ao estúdio com músicas novas.

“Nós vamos começar muito em breve… Dentro de semanas. Você deveria aguardar. Este é o mistério. Isto é o que fará o álbum mais especial quando for lançado”, disse RedOne.

Em 26 de março de 2010, Lady Gaga confirmou em um programa de rádio na Austrália, The Kyle and Jackie O. Show, que ela teria começado a trabalhar em seu próximo álbum.

“Estou trabalhando nele e já escrevi o principal, então, eu estou viajando ao redor do mundo e criando algo realmente grandioso. É com certeza o meu melhor trabalho até hoje", ela disse.

Gaga foi vista indo para um estúdio de gravação em Sydney, na Austrália com Fernando Garibay em 8 de abril de 2010.

“Ela grava na estrada. Estou indo para a Europa para trabalhar com ela em algumas músicas novas. Ela é como eu. Ela tem um ônibus da turnê com um estúdio dentro. Ela está ficando cada vez maior e melhor. Tudo o que eu faço é ouvir as músicas que ela fez e aprova-las para o seu álbum novo. Ela também trabalha com outros produtores, que também tem criado materiais incríveis. Fica mais fácil para mim”, Akon, sobre o processo criativo de Born This Way.

Em 1º de junho de 2010, Gaga revelou durante uma entrevista para o programa Larry King Live, que o álbum não seria lançado antes do natal, e que teria que ser lançado em 2011. Na edição dupla de julho, da revista Rolling Stone, Gaga disse que o título do álbum seria revelado dia 1º de janeiro de 2011, às 00h00, na forma de uma nova tatuagem.

Ela também disse sobre o novo single: “O refrão veio a mim, eu juro, eu nem escrevi. Eu acho que Deus jogou em cima de mim”.

De acordo com a revista Rolling Stone, Gaga planejou anunciar o título do álbum, à meia noite do dia 1º de Janeiro.

“Eu acho que vou tatuar o nome do álbum em mim e divulgar divulgar a foto”, ela disse. “Eu tenho trabalhado nele há meses, e sinto que já está finalizado. Foi tão rápido, alguns artistas demoram anos; Eu não. Eu escrevo músicas todos os dias”, completou.

Com relação ao tema das novas músicas, Gaga disse ter seguido em frente, escrevendo canções de caráter mais político ao invés de músicas sobre a fama e suas consequências.

Em 24 de agosto de 2010, em Vancouver, no Canadá, Gaga revelou que a sua gravadora havia pedido para ela tirar um tempo após a turnê e não lançar o álbum novo até o verão americano. Após ouvir algumas faixas do CD, eles aprovaram as músicas, e disseram que o álbum deveria ser lançado no início de 2011. Em 12 de setembro, no MTV Video Music Awards, Lady Gaga ganhou o prêmio de Vídeo do Ano por, Bad Romance. Ela disse que havia prometido revelar o título do próximo álbum caso ganhasse o prêmio. Ela revelou, e então cantou uma parte do refrão da faixa título.

Em 16 de setembro, Gaga explicou o álbum mais a fundo.

“Este álbum é absolutamente o meu melhor trabalho e estou muito animada com ele. A mensagem, a melodia, a direção, o significado, o que significará para meus fãs e o que significará em minha própria vida - é uma liberação total".

“Eu sabia que tinha uma habilidade para mudar o mundo quando eu comecei a receber cartas de fãs dizendo “‘Você salvou a minha vida”, “Eu sou gay e meus pais me expulsaram de casa”. Meus fãs se identificaram comigo como um ser humano e como um ser não humano - como um super humano que eu realmente sou”.

“Todos me dizem que sou arrogante, mas música é a única coisa que eu tenho, então você vai ter que me deixar ser confiante a respeito de uma coisa. Eu acho que é isso que você pode esperar do álbum: muitos hits que irão incomodar muita gente".

A meia noite do dia 1º de janeiro de 2011, Gaga tuitou uma foto promovendo o álbum. Ela também revelou a data de lançamento do CD para 23 de maio de 2011, e o primeiro single, para 13 de fevereiro.

No dia 14 de fevereiro de 2011, um novo poster foi divulgado nas ruas de São Francisco, com uma foto de Gaga usando próteses no rosto, com a palavra “GAGA" na parte inferior junto com a data de lançamento - “5†23†11”.

Em 9 de abril de 2011, Gaga revelou que a capa do álbum estava pronta, e em 17 de abril ela foi revelada.

A arte mostrava Gaga fundida com uma motocicleta. O nome de Gaga não aparece na capa da edição original do CD. O único texto presente é o nome do CD no topo da capa.

A edição especial contava com uma foto do rosto de Gaga, o seu nome e o nome do álbum escritos na parte superior esquerda do CD (imagem do início da matéria). As fotos usadas para a capa foram tiradas em 14 de dezembro de 2010, junto com a foto de capa do single, Born This Way.

Em 2 de maio de 2011, Gaga revelou a tracklist de ambas as versões do CD, original e edição especial.

Born This Way foi lançado mundialmente em 23 de maio de 2011. A edição especial do álbum foi lançada no mesmo dia contendo três músicas adicionais e cinco remixes.

Para promover o álbum, Lady Gaga lançou algumas faixas no jogo Farmville, onde uma fazenda virtual foi criada para a divulgação do álbum. Os usuários precisavam cumprir tarefas para conseguir desbloquear três novas faixas do CD.

Por causa do tema religioso presente em algumas faixas, como Judas e Born This Way, que diz “Deus não comete erros”, o governo do Líbano baniu o álbum do país e confiscou milhares de cópias após sua entrada no território libanês.

Em 3 de agosto de 2012, Gaga revelou que a sua escolha original de singles seria Born This Way, Marry The Night, Scheiße, e The Edge of Glory. De acordo com Gaga, sua gravadora, Intercospe, não a deixou lançar Scheiße como single, então ela teria decidido usar a canção em seu vídeo criado para o perfume “Fame”.

Singles

Born This Way

Lançada como single em 11 de fevereiro de 2011, Born This Way chegou ao #1 na Billboard Hot100. A música tem produção de Jeppe Laursen, Fernando Garibay e DJ White Shadow. O videoclipe foi dirigido por Nick Knight e pela Haus Of Gaga.

Judas

Inicialmente planejada para ser lançada como single em 19 de abril de 2011, Judas foi lançada 4 dias mais cedo como um “presente de final de semana” de Gaga para os fãs. A canção chegou ao #10 na Billboard Hot100. A música tem produção de RedOne. O videoclipe foi dirigido por Lady Gaga e Laurieann Gibson.

The Edge of Glory

Inicialmente planejada para ser lançada apenas como singlepromocional, The Edge of Glory foi oficialmente lançada como o terceiro single do álbum em 11 de maio de 2011, devido ao seu grande sucesso nos charts pelo mundo inteiro.

The Edge of Glory chegou ao #3 na Billboard Hot100. A música tem produção de Fernando Garibay. O videoclipe foi dirigido pela Haus of Gaga.

Hair

Lançada como single promocional em 16 de maio de 2011, Hair chegou ao #12 na Billboard Hot100. A música tem produção de RedOne e não possui videoclipe.

Yoü and I

(Capa alternativa)

Lançada como single em 22 de julho de 2011, Yoü and I chegou ao #6 na Billboard Hot100. A música tem produção de Robert John Lange. O videoclipe foi dirigido por Laurieann Gibson e Lady Gaga.

Marry The Night

Lançada como single em 15 de novembro de 2011, Marry The Night chegou ao #29 na Billboard Hot100. A música tem produção de Fernando Garibay. O videoclipe foi dirigido por Lady Gaga.

A turnê

The Born This Way Ball é a terceira turnê de Lady Gaga, em suporte ao seu terceiro álbum de estúdio, Born This Way (2011). A turnê contou com 98 shows, e visitou os continentes Americano, Asiático, Europeu, Africano e a Oceania. Esta foi a primeira turnê de Gaga, que visitou todos os continentes habitados.

A turnê, foi oficialmente anunciada no dia 8 de fevereiro de 2012 com as primeiras datas sendo na Asia e Oceania. A The Born This Way Ball se iniciou em 27 de abril de 2012, na cidade de Seoul, na Coréia do Sul.

No Brasil, a Born This Way Ball passou pelas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

A turnê teve o seu término adiantado para o dia 11 de fevereiro de 2013, em Montreal, no Canadá. Gaga estava com uma lesão no quadril desde dezembro do ano anterior, e após o seu show em Montreal, a cantora usou a sua conta no Twitter para falar que não conseguia mais andar. De início, ela apenas cancelou os shows em Chicago, Detroit e Hamilton. Porém, em 13 de fevereiro de 2013, Gaga foi obrigada a cancelar o restante da turnê, porque a lesão em seu quadril havia piorado.

A turnê narrou “o conto do começo, o gênesis do reino da fama”. Gaga interpreta um alien, fugitivo de G.O.A.T. (Government Owned Alien Territory), um território alienígena pertencente ao governo, no espaço, que foi introduzido pela primeira vez no videoclipe da canção Born This Way, em 2011. O show acontece dentro e ao redor de um gigante castelo medieval, que se move, e se modifica durante o show. Uma composição de música clássica, acompanha a introdução do show, o que se encaixa perfeitamente com o tema sombrio e operático.

Quatorze figurinos diferentes foram utilizados por Lady Gaga durante o show, a maioria desenhada por grifes italianas como Versace, Moschino e Armani.

A primeira dica sobre a turnê, foi dada por Gaga, no palco, durante a The Monster Ball Tour, em 19 de fevereiro de 2011. Na época, Gaga tinha a intenção de começar a nova turnê no final de 2011. Em entrevista ao portal Fuse, a cantora revelou sua intenção para que a nova turnê fosse uma espécie de continuação da atual; porém, esse conceito não foi usado.

O palco

No dia 6 de fevereiro de 2012, Gaga divulgou em seu perfil no Twitter que a parte central do palco seria conhecida como “Monster Pit”, que era acessível aos fãs que chegassem primeiro. No dia 7 de fevereiro, à meia-noite, Gaga tweetou um esboço do palco que estava sendo feito para a turnê.

O palco é modelado em um castelo gótico medieval, com torres e passagens, e uma grande passarela que permitia a interação do público.

O palco e o set contavam com diversas funções, incluindo 30 janelas e portas funcionais.

Um poster promocional para a turnê (imagem do tópico "turnê") foi divulgado em 7 de fevereiro de 2012, e mostrava o rosto de Gaga coberta por nuvens negras, olhando para baixo, do céu.

Dependendo do local aonde o show acontecia, diferentes tipos de ingressos eram vendidos, dentro das categorias: em pé, também conhecido como admissão geral, e sentado (esses ingressos normalmente continham o nome do setor e um número de assento). Apenas os fãs que compraram os ingressos de admissão geral estavam aptos a entrarem na Monster Pit.

Monster Pit

A primeira pessoa na fila para a Monster Pit recebia uma chave que, simbolicamente, era usada para abrir o espaço para cada dia. Após cada show, a equipe de Gaga divulgava fotos da pessoa que havia conseguido a chave. Nas datas em que o local do show era pequeno demais para comportar a Monster Pit, a primeira pessoal na fila para admissão geral, recebia a chave.

(Lia Benatti, a fã que ganhou a chave da turnê em sua passagem pelo Rio de Janeiro)

Datas

Em abril de 2012, Gaga revelou em seu perfil no Twitter, que a turnê contaria com 10 shows. Porém, nove datas foram adicionadas. Isto marca a primeira turnê de Gaga a visitar todos os continentes, menos a Antártica.

Durante as primeiras semanas, a turnê se deparou com diversas polêmicas em países com religiões restritas, o que culminou no cancelamento, do show que aconteceria em Jakarta, na Indonésia.

Após danificar o seu quadril em 2013, Gaga cancelou as 21 datas restantes da turnê, com a última data tendo sido dia 11 de fevereiro, em Montreal, no Canadá. A turnê terminou com 98 dos 119 shows completos.

Atos de abertura

Dependendo da data, diferentes atos de abertura foram escolhido para o show, cada um performando durante 15 a 30 minutos no palco. Dentre eles, estão Zedd, Lady Starlight, Von Smith, The Darkness e Madeon.

A The Born This Way Ball, arrecadou 183.9 milhões de dólares, com 98 shows.

Algumas apresentações