Nesta quarta-feira (9), a versão online da revista Hits, a plataforma Hits Daily Double, publicou uma matéria junto a críticos e especialistas no campo musical onde apostas são feitas sobre quais podem vir a ser os grandes vencedores das principais categorias do Grammy 2019.

Entre as categorias citadas e analisadas, Album Of The Year, Record Of The Year e Best New Artist se fazem presentes. Nesse sentido, a canção "Shallow" ganha destaque com os comentários dos especialistas.

Confira a tradução das partes da matéria nas quais a canção interpretada por Lady Gaga e Bradley Cooper em "Nasce Uma Estrela" é citada:

Gravação do Ano (Record Of The Year)

Paul: Eu acho que o comitê exagerou um pouco no hip-hop. Quatro desses singles também foram indicados em Melhor colaboração de rap, e “God’s Plan” também está nessa área em geral. Esse excesso de canções hip-hop indicadas pode funcionar como uma vantagem para uma das outras três, “Shallow,” “The Joke” ou “The Middle”.

Lenny: Então, em qual você aposta?

Paul: Eu acho que os votantes vão escolher “Shallow”.

Lenny: E se o comitê tiver a palavra final? Paul: Se o comitê fosse escolher, eu não acho que eles seriam contra “Shallow” vencer, mas eu acho que eles prefeririam ver uma canção de hip-hop vencer, para evitar as críticas. E se eles acabassem escolhendo uma gravação de hip-hop, eles provavelmente iriam escolher a que tem o ponto de vista mais forte, “This Is America”.

Lenny: Eu estou nessa também.

Paul: “Shallow” é uma ótima música. Eu consigo lembrar um factoide do Grammy, onde “Evergreen” de Barbra Streisand de uma das encarnações anteriores de Nasce Uma Estrela, foi indicada em Gravação do Ano, mas perdeu para “Hotel California” dos Eagles. Mas eu não acho que alguma das outras indicadas esse ano tem esse tipo de estatura.

A escolha de Lenny caso os votantes decidam: “Shallow”. A escolha de Lenny caso o comitê decida: “This Is America”.

A escolha de Paul caso os votantes decidam: “Shallow”. A escolha de Paul caso o comitê decida: “This Is America”.

Canção do Ano (Song Of The Year)

Paul: Seis dessas oito músicas também foram indicadas em Gravação do Ano (um nível incomum de sobreposição). A única diferença estre essas duas categorias é que “Boo’d Up” e “In My Blood” entraram aqui no lugar de “I Like It” e “Rockstar”.

Lenny: Eu vou apostar em “Shallow” sob os dois cenários; seja a decisão feita pelos votantes ou pelo comitê.

Paul: Eu vou repetir o que eu fiz em Gravação do Ano e dizer que caso os votantes decidam, “Shallow” vence, e caso o comitê decida, “This is America”. E talvez eu adicione que “Evergreen” também ganhou Canção do Ano, em um empate com “You Light Up My Life”.

A escolha de Lenny caso os votantes decidam: “Shallow”. A escolha de Lenny caso o comitê decida: “Shallow”.

A escolha de Paul caso os votantes decidam: “Shallow”. A escolha de Paul caso o comitê decida: “This Is America”.

Clique aqui para ter acesso à matéria original da HDD.

O Grammy Awards de 2019 ocorrerá dia 10 de fevereiro.

Acompanhe todas as novidades sobre a Lady Gaga em nossas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram.

Tradução por Vinicius Colombo